• alogo.png
  • contatos.jpg
  • dlogo.png
  • ecultosh.jpg

Conteúdo Fixo

A ESCOLHA PARECE DIFÍCIL, MAS É FÁCIL!

“- Portanto, agora temam a Deus, o Senhor. Sejam seus servos sinceros e fiéis. Esqueçam os deuses que os seus antepassados adoravam na Mesopotâmia e no Egito e sirvam o Senhor. Mas, se vocês não querem ser servos do Senhor, decidam hoje a quem vão servir. Resolvam se vão servir os deuses que os seus antepassados adoravam (...). Porém eu e a minha família serviremos a Deus, o Senhor. O povo respondeu: - Nunca poderíamos pensar em abandonar o Senhor para servir outros deuses!” (Josué 24.14-16)

foto dificil escolha da carreira profissional 1Tem escolhas que nós precisamos fazer que são carregadas de dificuldades, temos receio de não estar agindo da melhor maneira, de não estarmos trilhando o melhor caminho, ou ainda de estarmos prejudicando alguém de alguma forma. Os resultados e consequências só perceberemos algum tempo depois, e como é gratificante perceber que acertamos na decisão!

Josué foi um líder que teve a árdua tarefa de suceder o maior líder do povo de Israel, certamente todas as suas decisões e ensinamentos eram comparados e avaliados a partir do legado que Moisés tinha deixado para o povo. Entretanto, não faltava àquele jovem líder CORAGEM.

Josué viu o pecado do povo. Ele percebeu que o povo estava se desviando do propósito de Deus, dos caminhos que Deus havia traçado e falado ao seu povo. Mas ele não teve medo de falar, de denunciar, de protestar, de chamar o povo a mudança de vida. Precisamos aprender com Josué a não nos intimidar com a banalização do pecado, não importa se a maioria acha isso bom, continuará a ser pecado!

Josué tomou uma decisão de coragem! Não importa se muitas vezes teremos que renunciar, que abrir mão, que deixar de lado o nosso conforto, precisamos aprender a renunciar a tudo para servirmos ao Senhor. Como homens e mulheres temos a responsabilidade de conduzir nossa família na fé e no serviço ao Senhor, essa foi a decisão cristalina de Josué, independente da escolha dos seus patrícios ou da “maioria”, ele estava decidido.

Precisamos ter coragem! Precisamos tomar a decisão de servir ao Senhor com nossa família! Coragem!

Reforma, pra quê?

John Calvin

 “(...)deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele.” (Atos 1.8).

 No próximo dia 31 de outubro comemoraremos os 503 anos da Reforma Protestante. É importante entendermos o que foi esse movimento e quais as implicações que ele trouxe para a fé bem como para o mundo como um todo.

É fundamental que saibamos que a Reforma foi um movimento e que não foi apenas o ato de Lutero fixar as 99 teses na porta da Catedral de Wittenberg. E como movimento, a Reforma teve pessoas e idéias que a lastrearam, dando assim a base para o movimento ganhar corpo através da ação de Lutero, Calvino, Zuinglio dentre outros tantos. Além do lastro, a Reforma construiu um grande legado, que como seus herdeiros precisamos sempre ter em mente:

O legado do conhecimento. A Reforma libertou o mundo civilizado do jugo da Santa Sé que impunha seus dogmas como verdades absolutas e que quaisquer descoberta ou questionamento científico era prontamente combatido das formas mais perversas possíveis. A ciência deve sua liberdade para pesquisa, pensamento e descobertas á Reforma protestante.

O legado econômico e social. A Reforma encontrou um terreno fértil no seu início, graças a opressão econômica que não apenas a população comum enfrentava mas também os governos a partir da Santa Sé, que tinha a “primazia e a legitimidade” para explorar os povo e seus reis em nome de “deus”. 

Mas o principal legado que precisamos conhecer e celebrar é o legado espiritual. A igreja tinha se perdido com seus casamentos políticos, e a Reforma reconduziu a Igreja de volta às Escrituras, de volta á fé, de volta ao senhorio exclusivo de Jesus.

A bíblia na língua do povo, o desligamento da submissão papal e a negação veemente das indulgencias foram o combustível para surgir um novo movimento religioso que buscava através das Escrituras Sagradas reaproximar todos os seres humanos pela fé ao Senhor Jesus, o único Senhor e Salvador da Igreja.

Somos frutos diretos desse movimento. Como Igreja Presbiteriana descendemos desse desejo de homens e mulheres de nos reaproximar do Senhor e da sua vontade revelada nas Escrituras Sagradas. Que esse momento histórico reascenda em cada coração da nossa Igreja os mesmos ideais dos reformadores: Somente a fé, somente a Graça, Somente Jesus, somente ás Escrituras e somente a Deus toda a Glória!

Rev. Erivan Júnior

Assembleia Extraordinária Virtual

No ultimo dia 20 de setembro de 2020 a 1ª IPI do Rio de Janeiro realizou uma Assembleia Extraordinária 100% virtual ( com o Sistema urnaElectios). Com um sistema de votação seguro e inviolável, 90% dos seus membros participaram da escolha de seus oficiais: 02 Presbíteros e 05 diáconos.
Após o culto dominical e sendo transmitida pelo Zoom os membros receberam um link para votação e participaram, às 13h foi encerrado o processo de votação e promulgado o resultado em que foram reeleitos para o Presbiterato os irmãos Delcy Júnior e Paulo Roberto (Paulinho) e para o Diaconato foram reeleitos os irmãos Caio Ferreira, Lucas Gabriel e Josias Câmara e eleitos os irmãos Thomaz Campos e Alberto Netto.
Queremos em nome do Conselho parabenizar todos os eleitos e cada um dos membros pela excelente participação.
Que Deus conduza esse Conselho, o MASD e toda a nossa amada Igreja!