• alogo.png
  • contatos.jpg
  • dlogo.png
  • horarios2.jpg

Conteúdo Fixo

Eu amo!

Eu amo!

"Que o amor de vocês não seja fingido. Odeiem o mal e sigam o que é bom. Amem uns aos outros com o amor de irmãos em Cristo e se esforcem para tratar uns aos outros com respeito. No que depender de vocês, façam todo o possível para viver em paz com todas as pessoas.”Romanos 12.9,10 e 12

Ultimamente as notícias e comentários sobre a igreja destoam em muito dessas instruções que o Apóstolo Paulo nos deixou, por isso, nesse tempo de celebração, nada mais apropriado do que pensarmos nessas instruções que foram e precisam continuar sendo todo o diferencial do povo de Deus.

Em um mundo que transpira ódio, somos convocados a ser o povo que ama:abraco

Deus. O primeiro e grande desafio é amar a Deus. O próprio Jesus estabeleceu o amor a Deus como o primeiro mandamento. O amor a Deus é a base para outras experiências de amor com toda a criação, se não amamos o Criador de tudo e de todos não teremos condições de amar as outras pessoas. O amor a Deus é a imagem que o nosso “espelho reflete”, o nosso trato com as outras pessoas é o raio-X do nosso amor a Deus.

Pessoas. O segundo mandamento de Jesus é amar o próximo como se fosse a nós mesmos. O Ap. Paulo fala do amor de irmãos e do esforço para se tratar com respeito também de irmãos. Nesse ponto, temos visto muitos escorregando, se julga muito, se maltrata demais, se fere com palavra de forma contumaz. O respeito as pessoas deve ser buscado com todas as nossas forças, ninguém tem o direito de desrespeitar o outro, por mais que tenha todas as discordâncias possíveis. Nesse sentido, a Igreja é chamada a caminhar na contramão do sentimento nacional, andar em amor e respeito.

Comunidade/Igreja. Claro que de forma ainda mais intensa, devemos amar nossa igreja. Nela fomos e somos diariamente treinados e conduzidos a presença de Deus. Em igrejas democráticas como a nossa é bem mais fácil aparecer controvérsias e pontos de discordância na caminhada, mas nada disso pode sufocar o amor que temos pela nossa igreja.

É tempo de amarmos, a Deus, as pessoas a nossa volta e a nossa Igreja, a comunidade que Deus escolheu para nós!

   Rev. Erivan Jr

Sem Máscaras

"Por isso, também me esforço por ter sempre consciência pura diante de Deus e dos homens.”Atos 24.16

O carnaval está chegando e a nossa cidade se prepara para esses dias de festa caracterizada pelo uso de máscaras, consumos de bebidas e drogas, vulgarização do sexo, e culto a deuses pagãos das mais variadas origens. É também um tempo onde as pessoas preparam fantasias, e usam máscaras para se esconderem e assim liberar os instintos mais escondidos.

O carnaval é a festa pagã mais celebrada no nosso país, entretanto seus efeitos não ficam nos dias reservados à festa, mas se espalham pela vida do nosso povo, influenciando até mesmo os filhos de Deus.

Nesse domingo que antecede o carnaval, queremos relembrar o principio bíblico de sermos transparentes diante de Deus e dos homens. Sim, não temos o que esconder. Os nossos pensamentos, os nossos sentimentos, as nossas posturas e escolhas não podem ser escondidas por trás de uma máscara, mesmo que essa máscara seja uma máscara de santidade.

mascaras
        Somos desafiados a sermos transparentes o tempo inteiro. E esse desafio também não é tão simples assim. Eu já conheci pessoas extremamente grosseiras, estúpidas e sem nenhum tato com as outras pessoas, e quando eram confrontadas sobre essa posturas alegavam a “sinceridade”. Ora, não podemos usar máscaras, não podemos viver aquilo que não somos, mas tudo que somos precisa passar pelo crivo de Cristo. Ele é o nosso senhor, e nós precisamos nos moldar todos os dias para parecer com Ele, transformando os nossos sentimentos, sacrificando o nosso eu e alimentando empatia pelas outras pessoas.

Não precisamos de máscaras! Somos filhos e filhas de Deus que vivem a verdade do evangelho e externam isso aqueles que estão ao nosso lado. Por isso, somos desafiados constantemente a sermos pessoas amáveis, simpáticas e acolhedoras, assim vamos vivendo o estilo de vida que o Senhor quer pra nós, e “tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor acrescentará diariamente os que hão sendo salvos”.

Que Deus nos faça homens e mulheres transparentes e simpáticos!!!!!                                                            

Gratidão

"E, quando um deles, que era samaritano, viu que estava curado, voltou louvando a Deus em voz alta. Ajoelhou-se aos pés de Jesus e lhe agradeceu. Jesus disse: - Os homens que foram curados eram dez. Onde estão os outros nove?" Lucas 17.15-17

Nossa memória tem um defeito terrível de esquecer as coisas boas e lembrarmos as coisas ruins. Isso se aplica tanto nas coisas corriqueiras como na nossa caminhada de fé.

Não é incomum observamos pessoas que durante um tempo andaram com Deus e depois se afastam e ignoram tudo que um dia vivenciaram; e ainda amigos que vivenciaram muitas coisas e depois se afastam por algo que aconteceu esquecendo-se de tudo que viveram.

agradecimento a deus 1Infelizmente, isso também é mais comum do que parece no relacionamento das pessoas com a igreja. Pessoas muitas vezes chegam do mundo cheias de “carrapichos” e exalando o aroma do pecado. A igreja em sua simplicidade cuida, trata, perfuma com o aroma de Cristo, encaminha no conhecimento da verdade, investe em talentos, ajuda na construção e crescimento da família, caminha junto nas horas mais difíceis, e basta que aconteça algo diferente, ou simplesmente algo que os contrariem pessoalmente, que todos os sentimentos mudam. Já vi igrejas e líderes serem tratados como inimigos, por pessoas antes envolvidas e companheiras, além de ações das mais vis para perturbar a paz, desviar, desmotivar ou tirar membros da comunidade que um dia os acolheu com tanto carinho.

O texto acima fala da cura de dez leprosos. Apenas um teve o coração grato a Deus, enquanto os outros nove, mesmo sem a lepra na pele, continuaram com a lepra no coração. Eles tinham negócios para retomar, eles tinham contas a acertar, eles tinham famílias para reencontrar. Nove foram curados da lepra da pele, e continuaram com a lepra da alma. Apenas um foi completamente curado. Ele largou tudo e voltou com um coração grato, e somente assim ele pode ouvir as santas palavras de Jesus: - Você foi curado por causa da sua fé!

Que nesses dias que antecedem as celebrações do aniversário da nossa amada igreja, tenhamos a Deus um coração grato pela nossa comunidade, por tudo que Deus fez em nós através dela, sejamos como aquele que voltou para agradecer e dar louvor a Deus!