• logo.png

Hoje é Domingo!

ipi 2“Domingo é dia de lazer, dia de passear, dia de não fazer nada, dia de ir para a praia, dia de ir para a festinha dos amigos, dia de dar aquela festa planejada.” Temos ouvido isso constantemente nos dias atuais, tudo aquilo que não dar tempo fazer durante a semana por causa do trabalho e das obrigações do dia a dia deve ser realizado no domingo.

Nesse sentido observamos que muitos têm agido assim, e vivido o seu domingo dessa forma. Você já parou pra pensar o que você faz no domingo, ou o que mais você gostaria de fazer nesse dia? Num rápido exercício tente enumerar dez coisas que você mais gosta de fazer, ou que você gostaria de fazer no domingo:

  1. __________________________________________
  2. __________________________________________
  3. __________________________________________

Por outro lado, a bíblia nos convida a dedicarmos um dia ao nosso Deus, de todos os outros. A Igreja Cristã Primitiva resolveu que esse dia seria o domingo e não mais o sábado como era para os judeus. Desde então, esse dia sempre foi quando Povo de Deus está reunido, adorando-o e servindo uns aos outros.

Nesse sentido o Breve Catecismo de Westminster estabelece: De que modo se deve santificar o Domingo? Deve-se santificar o Domingo com um santo repouso por todo aquele dia, mesmo das ocupações e recreações temporais que são permitidas nos outros dias; empregando todo o tempo em exercícios públicos e particulares de adoração a Deus, Exceto o tempo preciso para as obras de pura necessidade e misericórdia. (Ref. Lv 23.3; Is 58.13-14; Mt 12.11-12; Mc 2.27- 28).

Diante desses dois ensinamentos precisamos escolher a quem vamos dar ouvidos: ao povo do nosso tempo ou à palavra de Deus, e dependendo da nossa escolha urge essa oração:

“Senhor reconheço que tenho colocado muitas coisas em primeiro lugar na minha vida, que tenho deixado o Senhor em segundo plano, quando busco minhas realizações pessoais, quando penso mais no meu bem-estar no que na minha função como membro do corpo de Cristo, quando prefiro fazer uma série de outras coisas ao invés de estar junto com os meus irmãos te adorando. Perdoe-me por ser individualista, por achar que sou o centro de tudo, que apenas eu tenho problemas e que todos devem se curvar a mim. Perdoe-me quando ignoro o teu sacrifício achando que estar na congregação com os meus irmãos é um sacrifício, quando acho que não preciso devolver o dízimo por ter outras prioridades que não seja o teu reino, por tudo isso me perdoe Senhor!”

Rev. Erivan Júnior