• logo.png
  • Marcadorfamiliapastoral.jpg

Conteúdo Fixo

Vivendo o amor de Deus

diversidade

Se alguém diz: "Eu amo a Deus", mas odeia oseuirmão, é mentiroso. Pois ninguém podeamar a Deus, a quem não vê, se não amar o seu irmão, a quem vê.. (Êxodo 14.15)

Os dias que estamos vivendo estão desenhando um prognóstico assustador, uma onda de ódio tem dominado as pessoas e as tem deixado tão cegas que perdem a razão e sepultam nesse jazigo de ódio todo o amor próprio da fé cristã. Isso nos faz lembrar a profecia: “Nessa época muitos vão abandonar a sua fé e vão trair e odiar uns aos outros. Então muitos falsos profetas aparecerão e enganarão muita gente. A maldade vai se espalhar tanto, que o amor de muitos esfriará” (Mateus 24.10-12), e nos vem a clara convicção de que isso está se cumprindo.

Por outro lado, tem um povo que foi chamado por Jesus para fazer a diferença, para amar! Sim, amar é se entregar, amar é mesmo quando ultrajado retribuir com amor. Amar é não tratar o outro com diferença por causa das diferenças, sejam elas quais forem.

O nosso mestre nos ensinou exatamente isso. Quando foi condenado e crucificado, seguindo a lei e o processo da época, mesmo sem ter cometido crime algum. Escolheram um inimigo e inventaram um crime. Mas ele já em meio às terríveis dores da cruz, pede pelos seus algozes. Isso é amor!

Se somos cristãos verdadeiro, precisamos mergulhar nesse amor, viver experiências de amor. Não podemos seguir a lógica desse mundo nunca!

Durante esse ano vamos refletir sobre nossa maneira de viver esse amor em meio a tanto ódio, na Igreja, na família, na fé e na sociedade. Precisamos lembrar de que apesar da profecia, Mateus 24.12 diz: “mas quem ficar firme até o fim será salvo.”

Somos o povo que permanecerá firme até o fim? Ou nos curvaremos a essa onda de ódio dos nossos dias?

 Rev. Erivan Júnior

 

Hora de recomeçar

recomeco1“... Mas olhem e vejam bem os campos: o que foi plantado já está maduro e pronto para a colheita.” João 4.35

2016 já se foi e 2017 já chegou trazendo consigo muitos problemas, desafios e expectativas. E para nossa Igreja não será diferente, temos muitas dificuldades para superar, mas faremos isso cumprindo a missão para a qual o Senhor nos chamou: fazer discípulos!

Muitas vezes como igreja histórica, ficamos presos ao nosso passado, a experiências frustradas do passado, ou ainda a pessoas que marcaram um tempo e uma forma de agir e a caminhada da igreja. No entanto, esse é um ano de superação. Precisamos deixar todos os resquícios do passado para trás, como eu costumo dizer: - “o passado precisa ser como uma mola que nos lança para o futuro e nunca como um ímã que nos prende no que já passou”.

Mais um milagre!

68cf5682 8b37 4662 a819 509e5259954a    O mês de Julho chegou e pra nós ele traz um motivo a mais para agradecermos: em Julho nossa denominação completa mais um ano de existência! E nesse ano não será diferente, estamos com o coração grato e queremos celebrar a Deus pela nossa igreja!

Nossa igreja nasceu em julho de 1903 com o desejo de ser uma Igreja genuinamente brasileira, preocupada com a sua pátria e engajada na árdua tarefa de evangelizar todos os brasileiros usando para isso seus próprios recursos, mas extrapolando na missão debaixo da grande graça de Deus que nos conduziu até aqui, nos fazendo chegar a todos os estados da federação, e a contribuir de forma positiva para a nossa nação quer socialmente, quer espiritualmente.

O amor a Deus e a sua obra impulsionaram aqueles irmãos a espalharem as boas notícias pelo Brasil, sem recursos financeiros e escassos recursos humanos, mas eles não esmoreceram. Nos primeiros anos, uma oferta missionária era retirada no culto de “31 de Julho” e, para a surpresa deles e de todas as pessoas, aquele dinheiro dava para sustentar a obra missionária por todo o ano seguinte.

Em 2016 nós vamos mais uma vez experimentar esse milagre, no dia 31 de julho teremos uma oferta especial, como de praxe, só que dessa vez será uma oferta missionária: Vamos levantar os recursos para que possamos erguer as paredes do templo da nossa igreja em Itaboraí!

O Conselho da igreja entende que o país e o estado passam por uma crise, mas nós temos Cristo e por isso estamos desafiando e sendo desafiados a no dia 31 de Julho entregarmos ao senhor uma oferta especial que tem como alvo 6.000,00 R$, que serão destinados para a construção do templo de Itaboraí, além  isso, nossa área de confraternização passará por uma reforma e o que exceder esse valor será destinado aquela obra.

Ore, ame, separe e celebre por mais um ano de bênçãos que o Senhor está nos dando.