• logo.png

O fim do ano chegou

(...) acabou-se o que era velho, e já chegou o que é novo. Tudo isso é feito por Deus, o qual, por meio de Cristo, nos transforma de inimigos em amigos dele. E Deus nos deu a tarefa de fazer com que os outros também sejam amigos dele. (1 Coríntios 5.17-18)

A cidade começa a se enfeitar, luzes brilham nas varandas, guirlandas penduradas nas portas e árvores decoradas em toda parte. O fim do ano já chegou! Iniciamos no domingo passado o período do advento, onde relembramos a encarnação de Jesus numa criança de Belém!rn natal

Mas antes de pensar nas belas programações de final de ano, nos musicais, nas mesas bem servidas, precisamos olhar para além desse ano, precisamos pensar no ano que se iniciará e nos que compromissos assumiremos, como agiremos diante dos desafios pessoais, profissionais e sociais. Mas precisamos também pensar em como nos relacionaremos com a nossa igreja.

Sim, precisamos sair do marasmo, precisamos nos envolver com a nossa vida nessa família de Deus. Não podemos nos contentar com encontros esporádicos, descompromissados, nem muito menos almejarmos um encontro esplendoroso onde tudo tenha sido preparado pelos outros sem nosso toque ou sem nossa participação.

Advento é tempo de nos prepararmos para a volta do Senhor, ele voltará para buscar o seu povo e como estaremos? Vamos rejeitá-lo em meio ás nossas atividades? Rejeitaremos dar-lhe lugar no hospedaria da nossa casa e da nossa vida? Ignoraremos os sinais que nos estão sendo dados no céu e na terra?

Que nos preparemos para um 2017 compromissado com a causa do Senhor, vivendo o evangelho em família, todos os dias no templo e de casa em casa, na individualidade mas na vida coletiva também.

Celebremos a Cristo!

Rev. Erivan Júnior